O Laboratório de Investigação e Desenvolvimento (LID) da DIN possui uma tecnologia que permite analisar amostras de alimentos para animais e géneros alimentícios e obter os resultados em tempo real. A tecnologia de espectroscopia no infravermelho próximo, ou NIR (Near-Infrared Spectroscopy, na sigla em inglês), é uma das mais versáteis e promissoras ferramentas destes setores.

A DIN – Desenvolvimento e Inovação Nutricional, com sede em Santa Comba Dão, adquiriu esta tecnologia em 2014, dotando, assim, o laboratório de um equipamento que traz múltiplas vantagens. Desde logo, é uma técnica não destrutiva, pelo que a amostra mantém-se intacta, não utiliza produtos químicos e consumíveis, a leitura é simples e rápida e permite analisar diversos parâmetros em simultâneo.

Os clientes poderão ter também o seu próprio NIR, sendo que as calibrações instaladas são fornecidas pelo LID. As matrizes calibradas correspondem às necessidades de cada cliente, seja no setor da alimentação humana ou no setor da alimentação animal. “No setor animal são disponibilizadas calibrações para matérias-primas, produto acabado e silagens. No setor alimentar está disponível a análise para carnes e produtos cárneos, nomeadamente carnes frescas e produtos transformados”, especifica o LID. A DIN apresenta um vasto leque de matrizes calibradas para os dois setores.

O cliente é devidamente acompanhado durante todo o processo, podendo requerer ao laboratório, sempre que necessário, a implementação de novas calibrações para os seus produtos. “A opção por esta solução de leitura em fábrica, ao fornecer resultados em tempo real, apresenta características únicas que contribuem para a melhoria da qualidade do processo e se traduzem em poupanças efetivas”, explica o LID. Os clientes poderão ainda fazer um controlo na receção das matérias-primas, otimizando a sua incorporação na dieta dos animais e avaliando as características nutricionais. Além disso, é possível fazer um controlo do processo de fabrico através da verificação do cumprimento da formulação.

Caso o cliente já tenha adquirido outro equipamento de análise, as calibrações disponibilizadas pelo LID poderão ser padronizadas de forma a tornarem-se compatíveis com o equipamento em causa e o cliente possa usufruir dos serviços do LID.

A aplicação da tecnologia NIR está em constante evolução, quer no sentido de adequar novos parâmetros às necessidades do cliente, quer no sentido de apostar em novos parâmetros que favoreçam a melhoria da qualidade dos seus produtos e processos. A análise via NIR de micotoxinas e aminoácidos são um dos exemplos da inovação da técnica aplicada ao setor animal.

O LID efetua ensaios químicos e microbiológicos em alimentos para animais e produtos alimentares para consumo humano e está dotado de equipamentos de vanguarda e alta tecnologia. O LID tem um vasto leque de clientes em todo o país.

Pela primeira vez, o Laboratório de Investigação e Desenvolvimento (LID) da DIN marcou presença na Alimentaria & Horexpo Lisboa, na FIL, e o balanço não podia ser mais positivo. “Foi a primeira vez que o LID participou numa feira internacional e profissional. As expectativas já eram altas e foram completamente superadas”, afirmaram os responsáveis da DIN.
A Alimentaria & Horexpo é a maior feira de negócios para os setores da alimentação, distribuição e hotelaria de Portugal e é dirigida a profissionais destas áreas. O LID foi o único laboratório presente no certame, o que suscitou bastante curiosidade nos visitantes, principalmente devido ao NIR, um equipamento que permite fazer análises de alimentos, sem reagentes, em três minutos.
“As pessoas procuravam saber que serviços disponibilizamos, que ensaios efetuamos, quais as potencialidades do NIR em termos de rapidez, matrizes analisadas, expectativas em relação ao custo das análises e que serviços é que o laboratório lhes poderia oferecer para responder às necessidades das suas atividades”, explicaram.
A participação na 15.ª Alimentaria & Horexpo foi “uma experiência enriquecedora para a equipa do LID, quer pela troca de conhecimentos com outras entidades presentes, quer pela oportunidade de levar o nome do LID/DIN além-fronteiras”.
E porque o contacto direto com o cliente, ou potencial cliente, é “uma mais-valia para reforçar as ligações interprofissionais, alargar horizontes profissionais e divulgar os serviços da empresa e do laboratório”, a DIN voltará a marcar presença neste tipo de eventos.

Parte da Equipa do Laboratório de Investigação e Desenvolvimento da DIN,SA

Sara Ferreirinha (Técnica Superior do Laboratório) a explicar a técnica NIR

 

A presença do Laboratório de Investigação e Desenvolvimento da DIN,SA na Alimentaria&Horexpo Lisboa 2019, na FIL, é já este mês e não passa despercebida aos meios de comunicação social. Veja a notícia alargada sobre a participação do LID na maior feira de negócios para os setores da alimentação, distribuição e hotelaria de Portugal no Diário de Viseu e Diário de Coimbra.

 

 

Nos dias 24, 25 e 26 de março, todos os caminhos vão dar à FIL, em Lisboa, onde irá decorrer a maior feira de negócios para os setores da alimentação, distribuição e hotelaria de Portugal – a Alimentaria & Horexpo Lisboa 2019.

Pela primeira vez, o L.I.D. Laboratório de Investigação e Desenvolvimento da DIN vai estar presente e terá todo o gosto em recebê-lo no pavilhão Tecnoalimentar, stand número 2A34. Nos três dias do evento, conheça os serviços que disponibilizamos no âmbito da alimentação humana e tenha uma experiência laboratorial in loco.

Marque na sua agenda e reserve estes dias para nos fazer uma visita.